Chávez elogia luta de Noam Chomsky contra “hegemonia” dos EUA

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, afirmou nesta segunda-feira que o linguista Noam Chomsky é “um dos intelectuais que mais contribuiu na luta contra a hegemonia da elite que governa nos Estados Unidos”, ao receber o ensaísta americano no Palácio de Governo.

“Dou as mais calorosas boas-vindas (…), já era hora de nos visitar e de o povo venezuelano vê-lo e ouvi-lo diretamente”, disse Chávez a Chomsky na porta do palácio presidencial de Miraflores, no centro de Caracas.

O chefe de Estado venezuelano lembrou que “sempre” leva consigo “não um, mas vários” livros de Chomsky, professor emérito da Massachusetts Institute of Technology (MIT) dos Estados Unidos e considerado um dos intelectuais mais prestigiosos da esquerda internacional.

Chávez desejou longa vida a Chomsky para que, assim, “siga produzindo essas ideias maravilhosas que são nutrientes para os que lutam contra a hegemonia imperial e o modelo capitalista, que é uma verdadeira ameaça contra a espécie humana”.

Registra na Folha Online em 25/08, original aqui.