Centrais Sindicais divulgam nota de apoio aos trabalhadores da GM

Centrais sindicais divulgaram uma nota de solidariedade à luta pela manutenção dos empregos na GM.

Neste momento, toda unidade em defesa dos trabalhadores da montadora é fundamental. Confira a nota abaixo.

NOTA SOBRE DEMISSÕES NA GM DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

As centrais sindicais Força Sindical, CTB, NCST, UGT e CGTB repudiam a atitude da GM que pretende demitir 1,5 mil trabalhadores e decidiu manter 7,5 mil funcionários em licença remunerada na fábrica em São José dos Campos, interior de São Paulo.

A GM foi beneficiada com o corte do IPI (Imposto sobre Produto Industrializado) feito pelo governo para ajudar recuperar as vendas dos automóveis e manter os empregos.

Agora, a montadora rompe o acordo, promove locaute (lockout) e ameaça demitir em massa, recurso condenável e muito usado no passado, quando não havia tantas negociações entre capital e trabalho.

As centrais se solidarizam com os trabalhadores e o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos. A solução para o impasse virá unicamente pela via da negociação, que tem de ser aberta, o quanto antes, pela montadora.

Wagner Gomes
presidente da CTB

Miguel Torres
presidente em exercício da Força Sindical

José Calixto
Presidente da NCST

Ricardo Patah
Presidente da UGT

Ubiraci Dantas de Oliveira,
Presidente da CGTB

Fonte: CSP-Central Sindical e Popular

http://cspconlutas.org.br/2012/07/centrais-sindicais-divulgam-nota-de-apoio-ao-trabalhadores-da-gm/

Share

Comentários

comentários