Cansei de baboseira no meu e-mail!

Que tal ao invés de encher a caixa de e-mail’s dos outros enviando idéias patrocinadas pelo PSDB ou pelo PT levarmos uma opinião séria de um profissional em consideração? Pois é, existem profissionais em ciência política e nenhum deles é o citado no email ao qual respondo agora. Esses sujeitos citados como “sociólogos” e “comentaristas políticos” nada mais são que outros dos tantos vigaristas patrocinados para escrever como sua opinião o interesse de quem pagar mais. Recebi quatro versões desse mesmo e-mail ao qual respondo agora, com formações acadêmicas variadas para as figuras às quais tentam “legitimar” autoridade, a cada hora elas tinham formações diferentes, mais e mais diplomas e títulos. Algumas horas a necessidade de fazer valer sua opinião parecia mais e mais ridícula: Jabor aparece como “crítico político”, “sociólogo” e até “cientista político”, Joelmir aparece como “sociólogo” e até “filósofo”. Mas não vamos falar da imbecilidade do Jabor nem do Joelmir, até porque eles falam por si só.

A vergonha eleitoral de 2010
Nunca vi uma campanha tão inóqua. Para o que realmente importa tanto faz eleger a sem cérebro como o sem caráter. A situação do brasileiro vai permanecer a mesma, e a dos bancos também! Mais e mais récordes de lucros astronômicos! A gente podia eleger o Itaú como presidente… isso sim seria uma eleição “direta”!

A sem cérebro ou o sem caráter?
Entre a mulher que frauda diploma para fingir ter mestrado e douturado quando sequer consegue articular palavras com idéias e o homem que liberou uma epidemia de dengue no Brasil sendo (a meu ver) responsável direto pelo assassinato de centenas de brasileiros por querer cortar custos com a saúde quando foi ministro e que agora privatizou o ensino público em São Paulo para o grupo Civita (donos da VEJA e de todas as publicações da editora Abril) e que desviou literalmente rios de dinheiro público com a eterna obra de despoluição do rio Tietê, cada dia mais imundo e contaminado, além de sucatear a USP para fazer valer os interesses dos donos de instituições de ensino privadas, que mergulhou a saúde em SP num caos para fazer valer os interesses de uma Golden Cross, Amil e outros – entre esses dois só não pode haver voto festivo.

Qualquer um que faça campanha para qualquer uma dessas duas figuras bizarras da política brasileira não tem uma coisa ou outra: cérebro ou caráter.

Verdades sobre as eleições
Raros são os programas de GOVERNO que consigo ver. Tirando pouquíssimas candidaturas, como Marcelo Freixo e Chico Alencar (que depois de eleitos foram à praça pública no centro do Rio de Janeiro reafirmar compromissos de campanha e distribuir contatos para que o povo possa cobrar deles, ao invés de estarem na borda de uma psicina bebendo whisky), o resto do que vejo são programas de CAMPANHA. Qual a diferença? O programa de campanha acaba quando a campanha acaba, o programa de governo começa quando o governo começa.

Fosse a democracia brasileira algo sério um candidato que em um ano não fizesse 1/4 do que prometeu seria obrigado a devolver o salário e seria automaticamente fiscalizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e pela Polícia Federal (PF) e, se em 2 anos não fizesse metade do que prometeu teria impeachment automático. Afinal, o cargo é público, o dinheiro é público e ninguém (pelo menos constitucionalmente) deveria ser eleito pelo “belo sorriso” (Caso em que não elegeríamos nenhum dos dois candidatos atuais). Duvido que Dilma ou Serra se candidatassem dentro desses moldes. Qualquer um dos dois. Se esquivam de responder perguntas diretas quem dirá de assumir compromissos verdadeiros. Os dois são dignos apenas do sentimento de vergonha.

Com relação à eleição do palhaço Tiririca
Muita gente pergunta minha opinião, como cientista político, se essa vergonha nacional deveria ser eleita. Ficam justificando o leite derramado criando expressões como “voto de protesto” e citando figuras lendárias como o “Macaco Tião”.

Sinceramente? Acho que o Tiririca deveria ser eleito sim! Afinal, o impeachment não está aí só para presidentes e o brasileiro precisa re-aprender, constantemente, que a democracia se faz todos os dias e não que engulamos a seco a palhaçada global (essa sim, maior e mais vergonhosa) da “festa da democracia” na hora do voto. O voto é importante sim. Fiscalizar o voto dado é muito mais importante!

O tiririca entrar é maravilhoso para os paulistas aprenderem a não fazer do protesto uma “brincadeira” e uma “piada” e para não fazer da urna eleitoral um video-game.

Ele foi eleito. Pois que entre. Em breve ele vai conseguir desonrar o processo representativo, só então que se faça um esforço para tirá-lo. É bom para que os paulistas aprendam o que é democracia representativa e que ela não se dá só na campanha palhaça da “festa da democracia” no dia do voto como não se dá na “festa da demagogia” diária da rede Globo, mas é um exercício diário de observação, análise e seriedade para com questões que envolvem vidas humanas.

Dilma ou Serra?
Piada maior que a de São Paulo é a da esfera Federal, que nos faz ficarmos entre esses dois: a sem mente e o sem caráter.

Sendo bem claro
Vote consciente:

Se você deseja um país entregue a pequenas corruptelas vergonhosas em todos os escalões do governo, pessoas das classes C e D sendo manipuladas politicamente para manter um grupelho de ladrões sem ética no poder ou lucros exorbitantes para bancos internacionais, vote DILMA 13!

Se você deseja um país completamente privatizado onde todo o poder será da instituição “Mercado”, onde o seu direito – seja qual for – só existe na medida em que você tenha dinheiro, se você deseja ver a Petrobrás nas mãos de estrangeiros, desemprego generalizado por excesso de privatizações, mais empresas como a Vale do Rio Doce sendo doadas a um preço inferior ao valor de seus equipamentos ou lucros exorbitantes para bancos internacionais, vote SERRA 45!

Itaú e aprendizagem
Percebeu uma coisa? No Brasil, você pode eleger a sem cérebro ou o sem caráter, só os bancos vão ganhar de verdade. Sabe por que? Porque eles sabem pressionar o governo. O povo sempre sai perdendo pelo simples fato de que ele se acomoda, não sabe pressionar, não sabe jogar o jogo da política, não tem noção do que dá em troca de uma camiseta, uma nota de cinquenta reais ou um chinelo novo. Seguimos bestializados dando atenção a hipócritas como Jabor e Beting e citando eles em e-mail’s como fonte máxima da autoridade em alguma coisa. Hipócritas que escolhem sempre o mesmo lado, o da grana. No final desse texto eu coloco quando e onde me formei, gostaria que os “comentaristas políticos” e falsos “sociólogos”, “filósofos” e “cientistas políticos” da mídia fizessem o mesmo.

Queria que o povo brasileiro soubesse pressionar como o Itaú. Esse sim, consegue sempre o que quer.

Renato Kress
Antropólogo, Sociólogo e Cientista Político
Formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) 2006
Pós-graduando em Psicologia Analítica do Instituto Brasileiro de Medicina e Reabilitação (IBMR) 2010

Diretor do Instituto ATENA
Arte em Treinamento Especializado e Neurolingüística Aplicada
www.institutoatena.com

Criador e editor da revista eletrônica Consciencia.net (desde 2000)
www.consciencia.net

Autor do livro “Consciencia” (2000) – Sobre o impacto estrutural das políticas neoliberais sobre os setores estratégicos da economia de um país: energia, telecomunicações, transportes e bens naturais.

Abaixo, reprodução do email citado:

PRESTEM ATENÇÃO É MUITO IMPORTANTE!!!
VEM AÍ O SEGUNDO TURNO!!!

Acorda Brasil!

PARE PRA PENSAR:

Se Gilberto Gil que era ministro do Lula está pedindo pra não votar na
Dilma…

Se Heloisa Helena, uma das fundadoras do PT é contra a candidatura da
Dilma…

Se Marina Silva, que foi um ícone no PT, saiu e foi para o PV levando
vários petistas com ela…

Se Joelmir Beting, jornalista e economista renomado, Luciana Genro que é
filha do governador eleito do RS também estão pedindo para não votar na
Dilma…

Se Arnaldo Jabor, grande cineasta, escritor, ensaísta, crítico e
comentarista do Jornal Nacional e do Jornal da Globo também está pedindo
pra não votar na Dilma…

Se a Marília Gabriela também está pedindo pra não votar na Dilma…

Se a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil está pedindo pra não
votar na Dilma…

Se Pastores de todo o Brasil estão se mobilizando contra a candidatura
da Dilma…

Mas… se Collor, Sarney, Barbalho, Renan, Maluf, Chávez, Genoino,
Erenice, Zé
Dirceu, Romero Juca, Gedel Vieera, Ricardo Teixera, Delubio Soares,
Marcos Valerio, Olivio Dutra, Tasso Genro, Nelson Jobim, Marta Suplicy,
Marco Aurelio Garcia, entre tantos outros reconhecidamente acusados de
todos os tipos de crime apoiam e votam na Dilma…

Então, pessoal, está na hora de ACORDAR!

ACORDAR!!!

DEVE TER MUITA COISA ERRADA E INCONFESSÁVEL POR TRÁS DA DILMA!
REAJA ENQUANTO É TEMPO!

SE VOCÊ CONCORDA, ENCAMINHE ESTE E-MAIL PARA TODOS OS DE SUA LISTA!

A HORA É CHEGADA! LUTEMOS PELO BEM DO BRASIL ENQUANTO AINDA HÁ TEMPO!
VAMOS AO 2º TURNO!

  • Parabéns pelo texto, essa foi a primeira vez que entro nesse site, li vários artigos, alguns muito bons, porem muitos tendenciosos, até ler o seu texto. Valeu muito a pena o ler.

  • Obrigado AMF,
    dentro do quadro exposto pelo artigo acima você percebe bem minha posição em relação ao emporcalhamento ético e ao deserto de compromissos de governo nessa “festa da democracia” que precederá a “rave da demagogia”. Por compreender a ameaça gigante que José Serra representa para o futuro dessa nação, votarei em Dilma, mas confesso que terei que vencer um asco enorme na hora de olhar a foto e confirmar.

    Pensei esses dias numa metáfora interessante: em relação a setores estratégicos do Estado o Brasil está no buraco. A diferença, a meu ver, entre Serra e Dilma? O primeiro vem com um trator, a segunda com uma pá.

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *