Campanha “Leve sua família para ler o Consciência”

Ou “Por que estamos fora do ar”

A vovó é sempre a mais simpática

Quatro e vinte e seis da tarde de uma terça-feira, 29 de novembro de 2005. A Revista Consciência.Net está fora do ar. Ataque de algum hacker? Intervenção do Pentágono? Boicote da direita? Não, acessos demais. Eis aqui uma pequena explicação técnica sobre nossos limites:

1. Existem dois tipos de “espaços” na Internet. O primeiro é o espaço onde ficarão arquivados os textos e imagens. As cercas de 8 mil páginas da revista, que servem de subsídio para pesquisadores, estudantes e profissionais conscientes, ocupam um total de 500 megabytes (MB), sendo o limite 700MB.
2. O segundo tipo de espaço (“Bandwidth Limit”) é o nosso problema. Temos cerca de 18GB de espaço mensal para que nossos leitores possam trafegar livremente pelas nossas páginas. É o famoso “limite de banda”, um serviço pago e mensal, incluído no pacote do servidor.
3. Se um professor universitário do Rio Grande do Norte, por exemplo, trafegar por 3 páginas de 40KB (um texto grande), por exemplo, “gastará” 120 kilobytes (KB), uma ínfima parte dos imensos 18GB a que nossos leitores têm direito.
4. Consertem-nos se estivermos errados: Mil kilobytes é igual a um megabyte e mil megabytes é igual a um gigabyte. Uma música de quatro minutos do Michael Jackson, de razoável qualidade (técnica), costuma ter 4 megabytes. É como se, para que o limite de banda fosse excedido no mês, tivéssemos que ouvir 4.500 vezes a música “Black Or White”.

Diante de tão incomum situação (quanto mais acessos, pior pra gente), decidimos criar a campanha “Leve sua família para ler o Consciência”. A lógica é simples. Pense no desperdício de espaço que uma família ‘mal-educada’ pode promover. De manhã, o pai liga o computador e lê sobre as alternativas ao neoliberalismo na seção “Economia”. De tarde, o filhão vai se informar acerca das últimas movimentações dos movimentos sociais na Venezuela. E, quinze para as cinco da tarde, a mãe entra na seção “Mundo” para entender melhor sobre a política externa norte-americana. Veja quantos bytes desperdiçados!

Se entrassem todos juntos, poderiam perceber que a política externa norte-americana está exatamente intervindo na Venezuela, que por sua vez representa uma alternativa viável ao neoliberalismo. Se tivessem lido de forma coordenada nossa revista, teriam poupado nosso tão desgastado limite e, bingo!, ligado os fatos aparentemente desconectados.

Ou isso… ou cada vez mais cedo, devido à crescente popularização do nosso projeto, sairemos do ar. Há dois meses, saímos do ar no dia 31, e por isso poucos perceberam. Mês passado, dia 30 (e então compramos mais espaço, gastando nossas últimas reservas mensais). Em outubro, dia 29. E quanto mais sucesso, mais cedo somos eliminados da rede.

Restam, então, três opções ao nobre leitor:

1. Aderir à campanha “Leve sua família para ler o Consciência”;
2. Não falar para mais ninguém que nós existimos, mantendo assim nossa restrição no dia 29 de cada mês;
3. Indicar formas de financiamento, empresas interessadas ou até mesmo contribuir [clique no título] para que possamos aumentar nosso espaço.

Vamos juntos!

__________________
Equipe Consciência.Net
www.consciencia.net
(a partir do dia primeiro, não perca!).

Saiba mais aqui.

Share

Comentários

comentários

Revista diária fundada em 13 de maio de 2000.

Seções: Comunicados.