Brasil concede ajuda milionária para reconstrução da Faixa de Gaza

Da Prensa Latina, 21 de julho de 2010

O presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, sancionou hoje um projeto de lei que concede uma ajuda de 25 milhões de reais (cerca de 14 milhões de dólares) para a reconstrução da Faixa de Gaza.

“Não estamos dando dinheiro para um ou outro grupo. O recurso será entregue a um fundo administrado pela Organização das Nações Unidas que trabalha na reconstrução de Gaza”, referiu o chanceler Celso Amorim, segundo uma nota da estatal Agência Brasil. “Gaza é um centro de preocupações mundiais. A situação do bloqueio é realmente grave”, sustentou o ministro brasileiro de Relações Exteriores em referência ao cerco que mantém Israel sobre essa região.

Amorim participou da sanção do projeto de lei, que o presidente brasileiro assinou depois de reunir-se com o ex-chanceler da Palestina e atual comissário de Relações Exteriores do partido Al Fatah, Nabil Shaat. O chanceler brasileiro revelou também que Shaat pediu a Lula que o Brasil continue envolvido nas negociações para a paz no Oriente Médio. Agregou que Shaat também entregou ao presidente brasileiro uma carta do presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, na qual lhe solicita o apoio do Brasil à Palestina em um momento especialmente crítico das negociações.

O governo brasileiro entregou o projeto legal de ajuda à Faixa de Gaza ao Congresso Nacional, o qual foi aprovado pelo Senado no dia 6 de julho passado.

O texto recorda que a Autoridade Nacional Palestina calculou em dois bilhões de dólares para os próximos cinco anos os recursos necessários para reconstruir a Faixa de Gaza. Acrescenta que a ONU estimou em 613 milhões de dólares a quantidade que se requer para cobrir as necessidades mais urgentes dos habitantes dessa região quanto a alimentos, saúde e moradia.