Ativistas sociais protestam contra Belo Monte em frente à sede do Ibama no Rio de Janeiro

Organizações e movimentos sociais reagem à licença para construção de Belo Monte. Foto: Justiça GlobalDe acordo com a decisão do Ibama de conceder a licença prévia para a construção da UHE de Belo Monte, no Rio Xingu, no Pará, considerando todos os povos da bacia do Xingu, o respeito à legislação ambiental brasileira e a floresta amazônica, ativistas sociais convidam a todos a participar de uma manifestação pacífica e independente, no dia 24 de fevereiro, às 10h, em frente à sede do Ibama, no Rio de Janeiro, que fica na Praça XV de Novembro, 42, centro da cidade.

Para o movimento, Belo Monte será um dos maiores crimes ambientais da história do Brasil! E solicita aos participantes que levem sua indignação, buzinas, tambores, nariz de palhaço, panelas para fazer barulho em frente à sede do Ibama e mostrar que a sociedade civil não venderá barato essa decisão! Dia 24 de fevereiro, às 10h, no Ibama/RJ!

Clique na imagem para ler mais sobre o caso.

Parabéns aos ativistas cariocas. esta luta contra o Belo Monstro do Xingu não é apenas dos povos da Aamzônia, ela é planetária.
A Mãe Terra agradece.
Marquinho Mota
Rede FAOR
Comitê Metropolitano do Movimento Xingu Vivo Para Sempre
Belém -Pará

  • Interessante: para obter a licença ambiental, o projeto teve que atender a mais de 40 (quarenta) requisitos sócio-ambientais. Vamos protestar? Quando houver apagão ou estagnação econômica, culpemos o governo …

  • Esses ativista não conseguem enxergar que o Brasil só tem a ganhar com isso? se eles tivessem uma solução melhor, ai sim eles poderiam protestar eu até ia junto.. mas não tem! ou acham melhor construir mais usinas nucleares? que só gera lixo atômico para poluição do nosso ambiente..

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *