As calçadas de João Pessoa (quando existem) são intransitáveis

Carros atravessados, cortando a passagem das pessoas, obrigando os pedestres a caminharem pela rua, com os riscos nisto envolvidos. As autoridades municipais parecem não se importar com esta situação.

Os proprietários dos imóveis, também parecem indiferentes. E o que é pior: nem os pedestres, principais prejudicados por este descaso e abandono de um espaço que lhes deveria ser reservado, tampouco parecem se importar com isto.

Parece ser a cultura da auto-depreciação. Eu não mereço nada, não valho nada, façam comigo o que quiserem. Na cidade de Mendoza, Argentina, a situação é diferente.

Em Mendoza, os proprietários dos imóveis são obrigados a manterem limpas e em condições de serem utilizadas pelos pedestres, as calçadas dos seus imóveis. De quem é o problema?

Comentários

comentários