Artistas e intelectuais com Lula

Por Emir Sader

Nas campanhas presidenciais de 2010 e de 2014, realizamos no Teatro Casa Grande, no Rio, atos com intelectuais e artistas com Dilma Rousseff. Este ano faremos um de Lula, pela democracia e pelo direito de o ex-presidente ser candidato, também no Casa Grande.

O Teatro Casa Grande não tem sido escolhido para esses encontros por acaso. O Teatro tem uma longa tradição, desde os tempos da ditadura, de abrigar atividades democráticas. Em 1974, foi palco da primeira reunião política no Teatro. Em 1975, ao longo de sete semanas, foi cenário do I Ciclo de Debates sobre a Cultura Contemporânea. No ano seguinte, realizou-se ali o II Ciclo de Debates sobre a Economia, do qual participou, pela primeira vez no Teatro, o Lula, então líder sindical do ABC.

Foi no Casa Grande que se realizou a primeira reunião sobre as diretas já, com a presença de Ulysses Guimarães, de Teotonio Vilela, entre outros líderes da oposição democrática à ditadura.

Quando pensamos em fazer um encontro de Dilma com artistas e intelectuais, em 2010, seria então normal que escolhêssemos o Casa Grande. Foi um ato espetacular, que marcou a virada da então candidata para finalmente ser eleita presidenta do Brasil.

Quatro anos depois, em 2014, repetimos o mesmo tipo de encontro, com a presença de Dilma e Lula.

Agora, depois do sucesso da Caravana de Lula pelo Rio, do comício na Uerj e de seu encontro com artistas e intelectuais no final da Caravana, diante da resposta da direita, com a antecipação do julgamento em segunda instância, decidimos organizar um novo encontro.

Este tem o caráter de defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato. Será realizado, uma vez mais, no Teatro Casa Grande, dia 16, às 19 horas. Convoca-se a todos os artistas e intelectuais para expressarem seu acordo com esses objetivos, na defesa do Estado de Direito, do direito do povo decidir, pelo voto democrático, os destinos do país.

Será mais um grande ato democrático, tendo uma vez mais como cenário o Teatro Casa Grande. Expressaremos esse dia, todos, a força da democracia diante do regime de exceção, a força dos artistas e intelectuais das tentativas de impedir que a democracia volte a imperar no Brasil.

Fonte: Brasil 247

https://www.brasil247.com/pt/blog/emirsader/335678/Artistas-e-intelectuais-com-Lula.htm

Comentários

comentários