Aquarelando

Hoje de manhã, estive pintando com umas aquarelas. Como tem sido bastante frequente nas minhas jornadas com as cores, não tinha um plano em mente. Veio um sol, umas nuvens, o mar. E depois, um jarro com flores. Mas não umas flores planejadas, pensadas, projetadas. Umas flores que vieram ali, como chuviscos de cores. Vermelho, amarelo, laranja. As cores cobriam também o fundo, pinceladas azuis e verdes criando uma sensação de movimento. Em baixo, uma superfície verde. O jarro, um jarro de cor amarronzada, bege ou alaranjada, como de cristal. Ao ir espalhando as cores pelo papel, vira uns contrastes belíssimos. As cores que se espalhavam, deixavam traços como de tornassol. Um efeito lindo!