Apoio à guerra é questionado

O chanceler de El Salvador, Francisco Laínez, nega, mas a polêmica não acaba. Setores da sociedade afirmam que a permanência de tropas do país no Iraque seja uma ”troca” com os EUA por uma prorrogação da permissão de migração de milhares de salvadorenhos. Do Jornal do Brasil.