AIDS

Por Isaac Bigio

LONDRES, 9/3/2005. A AIDS é uma das piores armas de destruição em massa que assolam a humanidade. Calcula-se que, em duas décadas, entre 100 e 200 milhões de pessoas poderão morrer infectadas com o vírus HIV. A AIDS poderia acabar matando mais gente do que a última guerra mundial.

A AIDS é muito mais letal do que qualquer ditador ou terrorista. Os EUA vem investindo muito pouco na luta contra a doença, se comparado com o que foi gasto para bombardear o Iraque e o Afeganistão. Hoje, só um quinto da ajuda para as vítimas dessa praga tem como destino os países pobres (onde se concentra a grande maioria dos infectados).

A África, berço de nossa espécie, é o centro dessa peste. Se não for aliviada sua crescente miséria e o embargo no comércio mundial, a AIDS poderá transformar-se em seu “primeiro produto de exportação”. Lá, onde reside mais de 60% dos portadores do vírus HIV, só um de cada 50 pacientes recebe tratamento adequado.

Revista diária fundada em 13 de maio de 2000.

Seções: Sem categoria. Tags: .