A história de um pai que cancelou a assinatura de uma revista

Luiz Carlos Azenha, Vi O Mundo – O texto abaixo, disseminado através da internet, está “bombando” entre estudantes universitários, atribuído a um aluno da Universidade Federal de Pernambuco. Reproduzo antecipando que não foi possível confirmar a autoria. Submeto a vocês, portanto, para julgamento da argumentação:

“Hoje, dia 10 de junho do ano de 2008, foi o dia em que meu pai cancelou a renovação da Revista Veja. É bem verdade que há fatos históricos um tanto quanto mais importantes e você deve estar se perguntando “o que cargas d’água eu tenho a ver com isso?”. Não é nenhuma tomada de Constantinopla, queda da Bastilha ou vitória da Baia dos Porcos. É um ato de pequenas dimensões objetivas, realizado no espaço particular de uma família de classe média brasileira, sem relevantes conseqüências materiais para as finanças da Editora Abril, sem repercussões no latifúndio midiático nacional (…)” Leia na íntegra clicando no título.