A Batalha de Riachuelo. Uma vitória sem imediato seguimento

Cópia do original de Vitor Meirelles: a Batalha Naval do Riachuelo. Dim. 2,00m x 1,15m. Autor: Oscar Pereira da Silva (1867-1939).

Cópia do original de Vitor Meirelles: a Batalha Naval do Riachuelo. Dim. 2,00m x 1,15m. Autor: Oscar Pereira da Silva (1867-1939).

Em 11 de junho de 1865, a parte substancial da improvisada marinha de guerra paraguaia atacou poderosa divisão naval do Império do Brasil, estabelecendo importante batalha fluvial diante do Riachuelo, pequeno afluente da margem esquerda do rio Paraná.

Com a arriscada operação, o comando paraguaio pretendia abordar e apoderar-se de barcos imperiais, impondo o seu domínio ao braço superior daquele rio, imprescindível à continuação da ofensiva terrestre no Rio Grande do Sul e em Corrientes.

A operação resultou em fragorosa derrota paraguaia. Porém, nos meses seguintes, a marinha imperial cedeu o controle do alto-Paraná às forças paraguaias, que tivera sua marinha desmantelada.

Leia o artigo clicando aqui.