Manifestantes lotam praça no centro de Curitiba em apoio a Lula

Praça Santos Andrade é o ponto de encontro de movimentos sociais, militantes e simpatizantes que foram prestar solidariedade ao ex-presidente, em dia de audiência com o juiz Sérgio Moro

Desde o início da manhã desta quarta-feira (10) milhares de manifestantes, integrantes de movimentos sociais, militantes e simpatizantes se dirigem à Praça Santos Andrade, no Centro de Curitiba, para prestar solidariedade ao ex-presidente Lula durante depoimento ao juiz Sérgio Moro, previsto para as 14h. A expectativa é que Lula também se dirija ao local, após o depoimento, para se encontrar com a militância.

Vindos de diversos pontos do país, a maior parte dos manifestantes concentrou-se no acampamento Jornada Pela Democracia, localizado nos arredores da Rodoferroviária de Curitiba, e seguiram em marcha pelas ruas da capital paranaense até a praça. No trajeto, entoaram gritos em favor do ex-presidente, contra o governo Temer e também contra a Rede Globo. “Bate panela, pode bater, quem tira o povo da miséria é o PT”, era um das palavras de ordem ouvidas durante o trajeto. Com bandeiras e panos vermelhos, moradores dos edifícios no trajeto também manifestavam apoio ao ex-presidente.

“Lula chegou acolhido por muitos companheiros. Está muito animado, com o espirito muito bom, à vontade para falar a verdade ao juiz Sérgio Moro, para encerrar essa perseguição, afirmou Gilberto Carvalho, ex-chefe de gabinete de Lula e ex-ministro do governo Dilma, ao repórter Jô Miyagui, da TVT. Para Carvalho, Lula representa “o sonho de cada um de nós por um Brasil diferente”.

Já na praça, o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Roberto Von Osten, afirmou que todas as atenções dos trabalhadores estão voltadas hoje para Curitiba. “Vamos verificar se a Justiça é Justiça, ou se tem partido e tem lado. Vamos ver que justiça que temos no Brasil.”

Fonte: Rede Brasil Atual
http://www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2017/05/manifestantes-lotam-praca-no-centro-de-curitiba-em-apoio-a-lula